17 julho 2009

Os melhores releases do mundo: Costelinha presidencial

Recebi esse aí hoje.

Atenção para as partes destacadas em azul.
Os meus comentários, em vermelho.

LULA: “NA MINHA CASA TEM COSTELINHA SUÍNA NO FEIJÃO TODO SANTO DIA”

Brasília – “Ninguém está pedindo para vocês não orientarem a população sobre aquilo que é correto, mas também não se pode punir a carne suína... Temos que preservar a qualidade da informação que é publicada”. A frase é do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, pronunciada logo após um almoço em torno dos cortes da Campanha “Um Novo Olhar Sobre a Carne Suína”, em seguida à cerimônia de posse do novo Presidente da Embrapa, Pedro Arraes.

Durante o durante o evento de encerramento do XIII Seminário Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura, no início de julho, a idéia da realização do almoço de ontem foi articulada entre pelo novo Presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Irineu Wessler , e o Ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, que prometeu tentar uma agenda com o Presidente Lula. A oportunidade da posse do novo Presidente da EMBRAPA, Pedro Arraes, e a decisiva participação do Diretor da Embrapa Suínos e Aves, Dirceu Talamine, acabaram ajudando a viabilizar o encontro de ontem.

Lula foi enfático e veemente diante dos cerca de 50 jornalistas que acompanharam sua comitiva. “Na minha casa tem costelinha de feijão todo santo dia”, disse o Presidente, “e no sábado eu como uma pururuca”, arrematou. (pô, rala e rola com dona Marisa só no sábado, então?) O Presidente pediu à imprensa que tenham o maior com a qualidade da informação publicada sobre a gripe H1N1 e seus impactos sobre a carne suína: “ninguém está pedindo para vocês deixarem de publicar nada que seja importante para o conhecimento da população, só que não podemos publicar também coisas sobre as quais não temos a mais absoluta certeza”, disse (poxa, Lulão, a imprensa nunca faz isso). E concluiu o Presidente da República: “assim vocês estarão ajudando a população e ajudando ao Brasil,que é também um grande exportador de carne suína”.

Para o Presidente da ABCS, Irineu Wessler, “a missão foi cumprida”. Ele, que almoçou na mesma mesa do Presidente, explicou em detalhes a Lula a importância de mudar o nome que a imprensa brasileira adotou para a gripe H1N1. Wessler entregou uma carta a Lula elencando os argumentos da ABCS e pedindo ajuda do Presidente para colaborar na reversão do uso deste nome.

Assim que Lula chegou ao evento, se aproximou da mesa onde estavam colocados os pratos com os exemplos de diversos pratos feitos com a carne suína, debruçou-se sobre uma leitoa assada, pegou um pedaço de pele crocante entre os (4) dedos , colocou na boca e, como no programa da apresentadora Ana Maria Braga (na boa, esse release precisava dessa citação?), disse para os fotógrafos: “hummmmmmmm, vocês não sabem a delícia de pururuca que estão perdendo” (realmente não consigo imaginar a pururuca presidencial).